A poesia é santa

A poesia é um sopro de beleza para um mundo confuso. Tem cheiro de graça. Toda vocação a serviço de Deus tem um significado profundo de propósito, que, quando colocado…

Continuar lendo A poesia é santa

Amar é renúncia

Terminar o mestrado aos 26. Começar o doutorado aos 27. Passar num concurso público. Casar aos 30. Ter filhos aos 33. Quem nunca tentou, também, cronometrar cada etapa da vida,…

Continuar lendo Amar é renúncia

Um pouco da minha história

Eu sempre tive muita dificuldade em fazer escolhas. Na adolescência, isso ficava ainda mais evidente: as decisões nunca eram flexíveis, era sempre tudo ou nada. Era sempre sim ou não.…

Continuar lendo Um pouco da minha história

O caminho para o sentido

Encontrar sentido no mundo é um desafio. Os problemas são gigantescos e as ideologias contraditórias e confusas! Porém, mesmo que encontrássemos uma fórmula mágica para solucionar tudo, ainda teríamos que…

Continuar lendo O caminho para o sentido

Único plano

No ano passado entendi que existia mais de Deus pra mim, não estava satisfeita com o rumo da minha vida profissional, mas – aos meus olhos – não tinha saída.…

Continuar lendo Único plano

Por que faço o que faço?

Por muito tempo me deparei com essa pergunta. No auge dos meus 22 anos, recém-formada em Relações Públicas e sem saber pra onde correr, confesso que não entendia claramente o…

Continuar lendo Por que faço o que faço?

Por um mundo sem dicotomias

“Dicotomia” é uma palavra que se alimenta da divisão. Há divisões necessárias, como luz e escuridão, bem e mal, mas há dicotomias que só existem por causa da limitação de…

Continuar lendo Por um mundo sem dicotomias