A poesia é santa

A poesia é santa

A poesia é um sopro de beleza para um mundo confuso. Tem cheiro de graça.

Toda vocação a serviço de Deus tem um significado profundo de propósito, que, quando colocado em prática, soa como poesia concreta, real. O movimento, o som, o cheio, a superação pessoal, o amor, a compaixão, a amizade, a energia que pulsa nos olhos de cada um… tudo isso é matéria-prima para a arte de ser e viver.

Portanto, podemos dizer que Deus é poeta o tempo todo. Em cada milésimo de segundo de vida,  e em cada instante de redenção e salvação, a poesia nasce e renasce no coração de Deus.

O poeta é sensível a todo movimento de Deus na história – mesmo que ainda não saiba quem é Deus, ele é tocado pelos efeitos da beleza no mundo.

O poeta se emociona com o potencial infinito da imaginação e da criação, porque é tocado pela chama da esperança.

Poesia é vocação – mesmo diante da imperfeição do poeta.

Do jeito de Deus, a poesia é santa.

20 de outubro – Dia do Poeta

Por Lissânder Dias do Amaral

A UniMissional entende a importância de apoiar jovens no aprendizado prático e acadêmico de suas profissões, e por isso oferece uma extraordinária oportunidade que inclui trabalho e bolsas de estudos para quem deseja fazer sentido no mundo.

Acesse agora mesmo FACASENTIDO.COM.BR e não perca esta oportunidade!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.